2014-02-26

'Não gosto de chefe que mande em mim e fale o que eu tenho que fazer' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 26/02/2014, com um jovem ouvinte que não gosta de como o chefe lhe trata.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Não gosto de chefe que mande em mim e fale o que eu tenho que fazer'

jovens mercado de trabalho

Um ouvinte escreve: "Tenho 21 anos e comecei em meu primeiro emprego. Meu problema é o seguinte: não gosto de ter um chefe mandando em mim e me dizendo a cada minuto o que tenho que fazer. Devo procurar outro emprego?"

Bom, creio que a situação é bem mais abrangente do que isso. Nos últimos anos houve uma sensível mudança na maneira como as pessoas percebem a sua própria importância perante as instituições.

Os consumidores e usuários de serviços passaram a reclamar mais quando não se sentem bem atendidos. Nas escolas, professores perderam aquela secular autoridade que exerciam em salas de aula. Aumentou exponencialmente a possibilidade de opinar, contra ou a favor qualquer coisa através de redes sociais ou portais de internet.

Pela primeira vez em mais de duas décadas, multidões foram às ruas para manifestar o seu desagrado com inúmeras situações. Muitas palavras ou expressões que foram abertamente usadas durante decênios, inclusive na imprensa, passaram a ser consideradas preconceituosas ou politicamente incorretas.

Tudo isso provavelmente contribuiu para que muitos jovens que entram no mercado de trabalho esperem que as empresas sejam uma continuidade dessa nova ordem social, mais liberal e mais compreensiva. Por isso, o primeiro contanto com a hierarquia é um choque, porque um chefe exigente parece remeter a uma época que já deveria ter acabado.

Eu sugiro ao nosso ouvinte que sim, mude de emprego. Uma ou duas vezes, para poder descobrir que o chefe atual não é uma exceção. E para então poder decidir se o mais sensato é indispor-se com a hierarquia ou procurar entendê-la.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin