2014-08-28

'Fiquei desempregado pela primeira vez na vida aos 46 anos e não consigo mais um trabalho' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 28/08/2014, com um ouvinte que ficou desempregado e não consegue outro emprego, mesmo dizendo que aceita ganhar menos.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Fiquei desempregado pela primeira vez na vida aos 46 anos e não consigo mais um trabalho'

desempregado

Escreve um ouvinte: "Fiquei desempregado pela primeira vez na vida aos 46 anos. Trabalhei em várias empresas de porte e tenho uma longa experiência em cargos de gestão. Muito bem. Saí procurando um novo emprego, utilizando todos os canais usuais: cadastramento em sites, currículos para headhunters e indicações de amigos. Somente obtive retorno através desses amigos, como você mesmo já mencionou várias vezes em seus comentários. Meus amigos me conseguiram entrevistas, mas nenhuma resultou em uma proposta formal. Isso mesmo após eu ter deixado claro que não me incomodaria em ganhar menos do que ganhava em meu último emprego, ou mesmo em aceitar uma posição mais baixa do que aquela que eu tinha. Você teria alguma sugestão para me dar?"

Tenho uma. Nas próximas entrevistas, não diga que você aceita ganhar menos do que ganhava. Pelo contrário, peça mais. Valorize-se diante dos entrevistadores.

Ao já antecipar que aceitaria uma redução de salário ou de cargo, você passa a impressão de que está vendo a sua carreira entrar em declínio e quer se agarrar a qualquer coisa que apareça. Sei que isso não é o que você pensa. Mas é isso que o entrevistador deduz.

O importante é que você mostre tudo o que pode fazer pela empresa se for contratado. E deixar que o entrevistador aborde o tema salarial. Pode ser que um deles lhe diga que no momento não tem condições de pagar o que você deseja, o que significa que ele terá interesse em contratá-lo. E aí sim, você pode negociar uma redução.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin