2014-08-13

'Subordinado 20 anos mais novo se comporta como se não tivesse chefe' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 13/08/2014, com um ouvinte gerente que tem um subordinado que não se comporta bem, mas que é protegido pelo dono da empresa.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Subordinado 20 anos mais novo se comporta como se não tivesse chefe'

empregado folgado

Um ouvinte escreve: "Gerencio um setor em uma empresa familiar e tenho um subordinado com bastante tempo de casa. Como sou quase vinte anos mais novo do que ele, esse subordinado se comporta como se não tivesse chefe. Não atende às minhas solicitações e nem aceita as minhas recomendações. Eu já o teria dispensado há horas, se o dono da empresa não me tivesse pedido para ser paciente e compreensivo, porque a pessoa em questão foi muito útil no período de instalação e de consolidação da empresa. O problema, para mim, é que esse subordinado influencia negativamente os demais com suas atitudes. E eu me sinto com as mãos amarradas. O que posso fazer?"

Bom, você pode transferi-lo para outro setor onde ele atrapalhe menos. Ou dar a ele algum tipo de trabalho que não influencie diretamente na produtividade dos demais. Provavelmente, você já deve ter pensado nessas duas hipóteses e em mais algumas outras, e nenhuma delas se mostrou factível.

Se você já deixou claro ao dono que a empresa está sendo prejudicada por ter um empregado que não está rendendo o esperado, e se mesmo assim o dono aceita esse ônus em nome de um relacionamento antigo, tenha em mente que a empresa é do dono, e não sua.

O que você não pode deixar acontecer é que os outros subordinados, que não possuem a mesma regalia de confiança do dono, se sintam tentados a desafiar a sua autoridade. Todos precisam entender que a paciência devida a um, por determinação superior, não será automaticamente estendida aos demais.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin