2014-11-25

Vale a pena pedir demissão de emprego para estagiar na área em que se estuda - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 25/11/2014, com um ouvinte que tem uma noiva com muita vitalidade e que pensa em largar o emprego para estagiar na área em que estuda.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Vale a pena pedir demissão de emprego para estagiar na área em que se estuda

estágio engenharia

Um ouvinte escreve: "Minha noiva trabalha como assistente administrativa em uma empresa. Paralelamente ao trabalho, ela está no último ano de engenharia civil e também está cursando inglês. Ela pensa em pedir demissão do emprego para fazer um estágio em engenharia. E nós gostaríamos de saber se isso valeria a pena, em sua opinião."

Valeria, sem dúvida. Isso evitaria que a sua noiva viesse a passar por uma situação muito comum atualmente, a do formando que não consegue emprego na área de formação por falta de experiência prática.

Aproveito para lhe dar uma sugestão que talvez seja até desnecessária, mas sabe-se lá. Com essa vitalidade que a sua noiva demonstra, de trabalhar em período integral e ainda fazer dois cursos simultâneos, você precisaria acompanhá-la nesse processo de desenvolvimento profissional, dedicando-se também aos estudos e planejando o seu próprio futuro profissional, com o mesmo afinco que ela.

Uma causa cada vez mais comum de separações de jovens casais é a do descolamento profissional entre os dois. Um decola, o outro não, e o que era doce começa a ficar azedo.

Como eu disse, talvez você já esteja fazendo tudo isso e muito mais. E talvez até seja a inspiração para que sua noiva faça também. Se for esse o caso, ótimo e desculpe-me por minha intromissão. Se eventualmente não for, siga o exemplo da sua noiva. Porque uma jovem assim não é fácil de encontrar. E é mais difícil ainda de segurar.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin