2015-01-05

'Salários na minha empresa estão defasados em relação ao mercado' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 05/01/2015, com um ouvinte que é gerente em uma empresa e quer ir falar com o diretor sobre reajustes de salários, dele próprio e de seus subordinados.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Salários na minha empresa estão defasados em relação ao mercado'

salário mínimo

Um ouvinte escreve: "Sou gerente em uma empresa. E os salários, tanto o meu quanto o de meus subordinados, estão defasados em relação ao mercado. Isso porque já faz quatro anos que não recebemos um centavo além do dissídio obrigatório. Penso em negociar com o meu diretor os reajustes necessários, tendo como argumento o fato de que alguns de meus subordinados já receberam propostas para mudar de emprego, mas decidiram ficar, acreditando que a empresa iria corrigir o desnível. Minha dúvida é a seguinte: negocio antes o meu salário, ou o de meus subordinados ou tudo junto?"

Boa pergunta. Seria melhor você começar pelos salários dos subordinados. Isso colocaria você e o seu diretor no mesmo barco: o de dois profissionais buscando uma solução conjunta para um problema da empresa. Se você começasse negociando o seu, o seu diretor talvez se colocasse no barco oposto. E aí, você correria o risco de não apenas não conseguir o seu aumento, mas também de perder parte do ânimo para brigar pelos reajustes dos seus subordinados.

Uma sugestão que você pode apresentar ao diretor seria a de ele aprovar um valor total, para ser distribuído por você, entre os seus subordinados e você mesmo. Ou, caso o valor não seja suficiente para incluí-lo, que você o repartiria somente entre os seus subordinados. Num caso assim, pode até parecer que você ficaria no prejuízo, mas você ganharia a admiração dos subordinados e o respeito do diretor, além de deixar o diretor com uma dívida moral em relação a você, que ele se esforçará para quitar o mais rapidamente possível.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin