2015-05-15

'Colaborador é um termo obrigatório em minha empresa' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 12/05/2015, sobre como as empresas usam diversos termos, como colaboradores, empregados e funcionários, para se referir às mesmas pessoas.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Colaborador é um termo obrigatório em minha empresa'

colaboradores empregados funcionários

Um ouvinte escreve: "Noto que você não usa muito o termo 'colaborador' em seus comentários, quando em minha empresa é obrigatório que ele seja utilizado em todas as mensagens internas, porque define melhor o esforço comum e conjunto para criar algo, em vez de apenas executar tarefas. Você teria algo contra os colaboradores?"

Não, muito pelo contrário. Mas isso é mais uma questão de semântica e de modismo. Funcionário é quem tem uma função. Empregado é quem tem um emprego. E colaborador é quem trabalha junto com alguém.

Etimologicamente, o termo "colaborador" nada tem a ver com criatividade, e sim com ajuda, auxílio, contribuição e cooperação, que é o que qualquer empresa espera de um empregado, funcionário ou colaborador.

Acontece que, no Brasil, sempre se existiu a tendência de se acreditar que uma situação possa ser mudada apenas com a mudança de uma palavra. Por isso, um termo novo sempre encontra adeptos que passam a empregá-lo como se ele fosse um salto qualitativo em relação ao anterior, quando é apenas um pulo sem sair do lugar.

Por outro lado, sou a favor de qualquer coisa que faça alguém se sentir melhor e produzir mais. E se ser chamado de colaborador produziu esse efeito em sua empresa, a decisão de adotar a palavra foi bem sucedida.

Algumas empresas já vêm adotando outros termos, como na área comercial, e que vendedores já são chamados de "consultores de vendas".

Mas no fundo, eu acredito que todo assalariado pense a mesma coisa: desde que me paguem bem e me tratem com respeito, podem me chamar de zé.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin