2015-11-05

'Consigo outro emprego de gestor sem ter um diploma?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 05/11/2015, com um ouvinte que tem um cargo de gestor, mas não tem um curso superior e está preocupado se conseguiria outro emprego parecido caso fosse despedido.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Consigo outro emprego de gestor sem ter um diploma?'

diploma

Um ouvinte escreve: "Tenho 36 anos de idade e uma ótima experiência prática. Atualmente sou gestor em uma grande empresa e estou muito bem nela. A única coisa que me preocupa é não ter um curso superior. Fiz muitos cursos de especialização, mas não uma faculdade. Durante anos acreditei que ela não seria importante, desde que o meu trabalho fosse bom. Agora, perto dos 40 e com o mercado em crise, comecei a ficar mais preocupado. Pergunto se, na eventualidade de eu vir a perder este emprego, eu poderia conseguir outro semelhante, mesmo sem ter um curso superior?"

Vamos lá. Primeiro, quando empresas de porte contratam gestores, o curso superior já consta como pré-requisito. Isso não significa que gestores com bom tempo de casa corram o risco de demissão por não ter diploma. Mas no emprego seguinte, a falta dele certamente irá pesar. Havendo candidatos com igual qualificação para uma vaga, o curso superior desempata o processo.

Há uma outra situação em que a falta do curso superior não pesaria tanto: é o do trabalho altamente especializado, aprendido na prática e que poucos profissionais no mercado conseguem executar. Nesse caso, a falta de diploma pesa menos por falta de concorrência.

Tirando isso, seria prudente você considerar fazer o seu curso superior. Não pela situação presente, mas pelos 30 anos de carreira que você ainda terá pela frente. Se hoje você está meio preocupado, daqui a uns 10 anos, poderá estar se lamentando pelo que deixou de fazer quando podia.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin