2016-01-25

'Preparei uma assistente visando uma promoção para mim, mas acabei demitida' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 25/01/2016, com uma ouvinte que preparou uma assistente para assumir seu cargo pensando numa futura promoção, mas acabou sendo demitida.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Preparei uma assistente visando uma promoção para mim, mas acabei demitida'

mulher demitida

Uma ouvinte escreve: "Aconteceu comigo uma coisa que me deixou estupefata. Pensando na continuidade da minha carreira, fui preparando durante meses uma assistente para me substituir quando surgisse uma oportunidade interna para mim. Em minha avaliação anual, falei isso para o meu gestor e ele me perguntou se a assistente estaria mesmo apta a assumir a minha função. Eu garanti que sim, e um mês depois, fui dispensada. A assistente que preparei, de fato, foi promovida para o meu lugar, mas ganhando bem menos do que eu ganhava. Estou sem rumo até agora. O que eu fiz de errado?"

Do ponto de vista de uma empresa modelar, você fez tudo certo. O problema é que nem todas as empresas são modelares, e você descobriu, da pior maneira, que a sua não era.

Quando uma boa empresa possui programas internos para promoções com mudança de setor, isso é divulgado abertamente. E a preparação de um substituto faz parte desse programa. Porém, se a empresa nunca mencionou essa possibilidade, é porque o programa não existe.

Isso em si não é ruim, mas algumas dessas empresas podem ser também mesquinhas. Ao preparar alguém que podia fazer o que você fazia, mas ganhando menos do que você ganhava, você abriu a possibilidade de a empresa fazer uma economia, deixando em segundo plano as suas contribuições e o seu bom exemplo.

Entendo a sua estupefação, mas como você só percebeu tarde demais, você fez a coisa certa na empresa errada. Uma pena. Mas há empresas melhores e você encontrará uma, na qual poderá fazer o certo e ser recompensada, e não castigada.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin