2016-01-22

'Quero disponibilizar meu currículo, mas tenho receio de usar sites ou redes de relacionamento' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 22/01/2016, com um ouvinte que quer disponibilizar seu currículo para empresas, mas não quer que ele se torne público através da internet para ninguém da sua empresa atual descobrir que ele está querendo outro emprego.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Quero disponibilizar meu currículo, mas tenho receio de usar sites ou redes de relacionamento'

currículo online

Um ouvinte escreve: "Estou bem empregado, com um cargo bom e um salário razoável, mas sem perspectivas de crescimento na empresa atual. Gostaria de disponibilizar o meu currículo para outras empresas, mas tenho receio de fazer isso através de sites de emprego ou de redes de relacionamento profissional, porque alguém aqui da empresa poderia descobrir e não sei quais seriam as consequências. O que você sugere?"

Eu sugiro que você utilize um canal centenário, chamado correios, e envie o seu currículo para agências de contratação de executivos. Nesse caso, a confidencialidade é garantida, porque essas agências se relacionam com seus clientes através de outro canal, milenar, de comunicação: a palavra falada.

Pesquise na internet e descubra as principais agências da sua região. Envie a elas o seu currículo e coloque-se a disposição para um contato. Nem sempre o retorno é imediato, porque essas agências não procuram empregos, elas atendem a empresas que procuram profissionais. E nem sempre há uma vaga instantânea a ser preenchida. Muitas vezes pode demorar meses até você ter um retorno.

De resto, você tem razão quanto a exibição de currículos em sites ou redes, porque eles se tornam públicos e podem chegar ao conhecimento de qualquer um, incluindo o seu chefe imediato. Eu já vi muita gente ser chamada pelo chefe para explicar por que estava procurando outro emprego, e aí se engasgar na resposta. Por exemplo: "Não, chefe, estou muito satisfeito aqui e só espalhei o meu currículo por curiosidade". Naah!

Max Gehringer, para CBN.


1 comment:

Cintia Yamane said...

Mel dels, mas a pessoa não tem nem um linkedin!?

Blog Widget by LinkWithin