2017-10-16

Mudança na educação criou geração com dificuldades no mercado de trabalho - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 16/10/2017, sobre como a mudança na educação dos últimos tempos criou uma geração com dificuldades para se acomodar no mercado de trabalho.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Mudança na educação criou geração com dificuldades no mercado de trabalho

jovens e mulheres no mercado de trabalho

Uma mãe ouvinte escreve: "Minha filha conseguiu o primeiro emprego, em uma empresa da qual sempre ouvimos falar bem. Só que no dia-a-dia não tem sido assim. A chefe de minha filha é uma pessoa arrogante, que não admite ser contrariada, além de exercer uma pressão excessiva sobre os funcionários. Minha filha está pensando em desistir desse emprego e não sei o que dizer a ela."

Muito bem. Diga que isso é o que ela encontrará em qualquer emprego que ela consiga.

De uma geração para cá, o Brasil passou por uma transformação no ensino: os professores se tornaram mais brandos em relação à disciplina, os alunos deixaram de ser cobrados por notas e a competição direta entre alunos foi extinta, já que divulgar que um é melhor que o outro se tornou politicamente incorreto.

Se tudo isso trouxe alívio e conforto para os alunos em curto prazo, por outro lado, trouxe em médio prazo o problema de encarar o mercado de trabalho, que igualmente teve melhorias no tratamento, mas nem de longe comparáveis com a dos bancos escolares.

O reflexo dessa situação foi o das mudanças constantes de emprego, até que o profissional se convença de que está em um novo universo, no qual pressão e competição são vistas como situações normais.

Como sua filha talvez não se convença disso, permita que ela mude. Somente a experiência irá ensinar a ela como se adaptar às exigências do mercado de trabalho.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin