Filme: Kung Fu Panda 2

2011-06-24 1:05 PM by Andarilho

Eu esperava muito pouco da nova animação da Dreamworks, o filme Kung Fu Panda 2. Achei o primeiro filme até simpático, com boas piadas mas com uma história bem fraca (e que tinha como o maior mérito a animação em si, especialmente as coreografias de arte marciais de cada animal seguindo o seu estilo típico do kung-fu). Esperava mais do mesmo, mas ao assistir Kung Fu Panda 2, me surpreendi. E com aquele tipo de surpresa boa.

filme kung fu panda 2 poster cartaz

No primeiro Kung Fu Panda, Po, o panda que dá nome ao filme, aprende kung-fu e se torna uma hábil lutador (ou praticante da arte, como queiram). Neste filme, ele não buscará mais a sua força interior, mas a sua paz interior, numa evolução que o levará a arte mais próxima do tai chi chuan. Mas para descobrir a sua paz interior, Po terá que voltar seus olhos ao passado. E é no passado que o filme começa, contando com uma animação mais estilizada (lembrando um pouco aqueles teatros de bonecos), como um príncipe pavão ordenou a morte de todos os pandas por temer a profecia de que um guerreiro preto e branco o derrotasse. Já no presente, esse pavão Lord Shen ameaça o próprio kung-fu ao utilizar o conhecimento da pólvora para construir imensos canhões. Sem saber a princípio do seu passado, Po e os cinco guerreiros partem para tentar deter Lorde Shen, que já derrotara um dos mestres do kung fu, o mestre Rino(ceronte).

Vale ressaltar também que a animação convencional em 2D, usada para ilustrar o passado de Po em flashbacks, dá um toque muito esperto ao filme. Afinal se o presente é 3D, como mostrar o passado? Além é claro, da animação em 2D ser muito bem produzida, com um toque de estilo oriental.

filme kung fu panda 2


Uma das melhores coisas de Kung Fu Panda foi a caracterização dos animais como personagens do universo de filmes de kung-fu, e isso se mantém neste segundo filme. Os pavões, por exemplo, como inventores dos fogos de artifício é uma ideia genial, uma vez que a própria natureza bela e exibicionista das caudas dos pavões combina muito com os fogos explodindo nos céus. Fora, claro, a parte do kung-fu, que coloca Lord Shen como especialista na luta com um leque (que, usado em conjunto com sua cauda, forma uma combinação de leques muito bacana). Também repare que os soldados inimigos são lobos e gorilas (animais ameaçadorers), enquanto a população oprimida é formada por coelhos e carneiros (animais tranquilos). E claro, as características de cada animal participante dos cinco guerreiros (víbora, tigresa, macaco, garça e gafanhoto) como lutadores de kung-fu continua igualmente ótima, sendo uma excelente homenagem tanto a filmes de artes marciais quanto às próprias.

filme kung fu panda 2

Kung Fu Panda 2 tem um arco dramático muito melhor resolvido e mais profundo, na minha opinião. Tanto para Po quanto para Shen, o papel dos seus pais é algo importantíssimo, embora de maneiras totalmente distintas. O filme tem um roteiro bem desenvolvido, mesmo que deixe os personagens secundários apagados (isso, em prol do desenvolvimento do personagem principal e de seu algoz neste filme). Entretanto, o roteiro não se esquece totalmente deles, dando-lhes momentos cômicos ou mesmo em pouquíssimas cenas, desenvolvendo um outro aspecto, como é o caso das cenas da Tigresa com Po.

filme kung fu panda 2

Isso faz com que Kung Fu Panda 2 tenha menos piadas, mas ganhe mais em história. O que eu considero muito acertado, uma vez que por quanto tempo mais aguentaríamos a quantidade de piadas envolvendo os dotes físicos do urso, coisa que foi explorada a fundo no primeiro filme? Apesar de não terem sido totalmente abandonadas, como bem mostra uma piada mo trailer, sobre a fome de justiça do punho de Po, elas estão em menor quantidade, e mais importante: estão bem equilibradas entre as cenas de ação e o desenvolvimento da história.

filme kung fu panda 2

É interessante ver a Dreamworks (e alguns outros estúdios) se aproximando do padrão Pixar de contar histórias, focando bastante nas narrativas e não somente na técnica ou no festival de bichinhos fofos, como podemos ver em Como Treinar o seu Dragão (também da Dreamworks), ou mesmo Tá Chovendo Hambúrger (da Sony), que são excelentes animações com histórias igualmente ótimas. Recomendadíssimos, assim como este novo Kung Fu Panda 2.

Trailer:



Para saber mais: crítica no Omelete.

2 comentários:

  1. Lília said...

    Eu adorei o 01 e agora estou ainda mais animada para ver o 02. Aquele panda é muiiito fofo! rs

    Abraços e bom fim de semana!

  2. Sentimental ♥ said...

    esse eu quero ver no cinema, bem grandão....

Blog Widget by LinkWithin