2012-04-23

Coloque no currículo a função que você realmente executa - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 23/04/2012, sobre o que colocar no currículo: a função que realmente executa ou a que consta na carteira de trabalho?

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Coloque no currículo a função que você realmente executa

curriculum vitae

"Na empresa em que trabalho", relata um ouvinte, "o organograma tem bem poucas camadas. Por isso as funções que executamos com o tempo vão deixando de bater com aquelas que constam na carteira profissional. A empresa prefere registrar quem é admitido com nomenclatura genérica, como auxiliar ou assistente, e esses nomes permanecem durante anos, só mudando quando alguém é promovido a um cargo de chefia. A minha pergunta é: como eu explico essa situação em um currículo?"

Não explique. Coloque no currículo a função que você realmente executa, e faça uma descrição bem sucinta de suas responsabilidades.

E nem é preciso citar a função que consta em sua carteira profissional. Você poderá abordar essa situação estranha em uma eventual entrevista de emprego, e aí sim, esclarecer que você é, por exemplo, um analista de sistema embora em sua carteira profissional conste que você é um auxiliar administrativo.

Também é conveniente você levar para as entrevistas amostras do seu trabalho, como projetos ou cópias de memorandos ou e-mails que você enviou ou recebeu.

Eu não sei qual é o motivo que leva a sua empresa a proceder como ela procede. Mas uma outra empresa irá contratá-lo, ou não, pelo seu histórico profissional e não por uma anotação antiga em sua carteira profissional.

Tome apenas o cuidado de não exagerar na descrição do que você realmente faz, porque esse é um dos erros mais comuns em elaboração de currículos.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin