2012-04-06

'Vou substituir meu chefe temporariamente. Como deve me comportar?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 06/04/2012, sobre como se comportar quando substituir temporariamente o chefe.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Vou substituir meu chefe temporariamente. Como deve me comportar?'

chefe gritando

Uma ouvinte escreve: "Fui comunicada por meu chefe que vou substitui-lo durante as férias dele. Como devo me comportar nessa nova função, sendo que nunca tive um cargo de liderança?" E não é agora que terá.

Você está temporária e provisoriamente assumindo a responsabilidade de chefiar, sem os benefícios de ser chefe. O que eu lhe sugiro fazer é o seguinte. Primeiro, reúna os seus colegas e diga que você entende que não recebeu nenhuma promoção. Enfatize que a sua tarefa será somente a de tocar o barco até o retorno do chefe, e que durante esse período, você fará o possível para ajudar a quem lhe pedir ajuda. E depois tudo voltará a ser o que era. Também é muito importante que você não se arrisque a tomar decisões cujo alcance você desconhece. Em caso de dúvida, consulte o chefe do seu chefe.

Dito isso, é claro que você foi escolhida por algum bom motivo. Ou porque você é a mais antiga do setor, ou porque é respeitada pelos colegas, ou porque a empresa vê em você, condições de algum dia vir a ter um cargo de liderança. O que será avaliado durante esse curto período será a sua capacidade de manter a rotina do setor. Ninguém irá lhe cobrar novas ideias ou grandes mudanças. Sua habilidade para "não aparecer" será mais bem vista do que a sua vontade de aparecer.

Finalmente, caso algum colega não aceite a sua autoridade provisória ou faça piadinhas sobre você, não perca a cabeça. Fale com ele, explique novamente que você não pediu nada e não espera nada, e que está só cumprindo uma determinação. Peça a colaboração dele sem se alterar e não entregue a cabeça dele, mesmo que ele não mude o comportamento. Um dia, quando você for realmente promovida a chefe, poderá chamar esse colega para conversar em outros termos.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin