2012-04-05

'Indiquei um amigo, mas o rendimento dele está abaixo do esperado' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 05/04/2012, sobre amigos e a indicação deles a vagas na sua empresa, um tem que já foi abordado anteriormente nos comentários Esteja seguro ao indicar alguém para um emprego e Cuidados que devem ser tomados ao indicar amigos para vaga de emprego.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Indiquei um amigo, mas o rendimento dele está abaixo do esperado'

relações contatos profissionais

"Indiquei um amigo de longa data para trabalhar em minha empresa", relata um ouvinte. "Graças à minha indicação, meu amigo foi contratado. E agora, passados três meses, o rendimento dele está muito abaixo do que era esperado. O chefe dele, que não é meu superior hierárquico porque trabalhamos em setores diferentes, cruzou comigo na semana passada e me criticou por fazer um favor a um amigo sem levar em conta se ele é um bom profissional. Como esse chefe não me pediu nada, não sei o que ele espera que eu faça. Devo conversar com o meu amigo ou devo ficar na minha?"

Sem dúvida, você deve conversar com o seu amigo. E transmitir a ele o que você ouviu. É o que se espera que um amigo faça.

Certamente seu amigo lhe dará algum tipo de explicação e talvez até critique o chefe dele. É nesse momento que você deve separar a amizade do profissionalismo. De maneira alguma você deve absorver as dores profissionais de seu amigo. Por exemplo, dispondo-se a voltar a falar com o chefe dele, para entender o problema.

Sendo um bom amigo, você compartilhou o que lhe foi dito. Sendo um bom profissional, a sua tarefa termina exatamente aí. Diga isso a seu amigo. E sugira, caso ele queira, que ele mesmo procure o chefe e tenha uma boa conversa com ele.

Mas o que aconteceu com você não deixa de ser uma boa lição. Você perdeu parte do crédito que tinha e uma boa próxima indicação que você fizer já será recebida com um pé atrás.

A famosa frase "amigos amigos, negócios à parte", nem sempre é levada em conta quando um amigo pede um favor. Se não existe uma certeza quanto às qualidades profissionais do amigo, o mais recomendável é não arriscar a amizade fazendo uma indicação que poderá vir a ser prejudicial aos dois.

Max Gehringer, para CBN.

1 comment:

Papel said...

eh complicado msm. mas algumas pessoas sempre deixa o afeto falar mais alto. e esquece q trabalho é trabalho. mas os bons amigos sempre vaum entender qndo vc separar amizade do trabalho. se naum entender, eh egoista e daew serve pra repensar se eh amigo msm.

Blog Widget by LinkWithin