2012-04-13

Mercado de trabalho cria vagas na medida de sua própria necessidade - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 13/04/2012, sobre um problema no mercado de trabalho: a falta de técnicos para preencher as vagas, e a sobra de pessoas formadas em cursos superiores que não conseguem emprego.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Mercado de trabalho cria vagas na medida de sua própria necessidade

curso técnico

Um bom número de ouvintes me escreve para se lamentar. São pessoas que concluiram um curso superior e não conseguem um emprego. Muitos deles ainda não conseguiram sequer uma entrevista de emprego.

Eu vou tentar explicar. O mercado de trabalho já está enfrentando um problema que tende a se agravar nos próximos cinco anos: a falta de técnicos. Ou, como precisamente me escreveu um gerente de uma grande empresa: "Parece que todos os bons eletricistas têm mais de 50 anos". O mesmo vale para mecânicos, encanadores e outras profissões nas quais a prática pesa mais do que a teoria.

Esse vácuo no mercado de trabalho foi criado porque o número de formandos com nível superior, somando-se aí os cursos de quatro anos e os tecnológicos, já é maior do que o mercado está conseguindo absorver. Isso cria uma situação anômala: há muita gente com diploma de nível superior que não consegue um emprego compatível com a formação. E há muitas vagas em aberto para técnicos, que não são preenchidas por escassez de candidatos.

A anomalia prossegue porque muitos desses jovens, dada a necessidade de trabalhar, aceitam provisoriamente empregos que não requerem um curso superior, como balconista ou atendente, até que apareça coisa melhor.

Essa é a situação. Além do Brasil não estar formando técnicos em número suficiente, muitos do que se formam já partem em seguida para um curso superior. Nada contra, muito pelo contrário. Só estou tentando explicar que o mercado de trabalho cria vagas na medida de sua própria necessidade, e não em proporção ao número de graduados.

O melhor caminho para começar uma carreira é oferecer o que o mercado procura. Mas entendo e aceito que a maioria dos jovens irá preferir continuar procurando o que o mercado não oferece.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin