2012-04-03

'Trabalho em uma multinacional e estou com medo de a matriz fechar a minha unidade' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 03/04/2012, com a dúvida de uma ouvinte que não sabe se a sua unidade local da empresa multinacional em que ela trabalha será ou não fechada.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Trabalho em uma multinacional e estou com medo de a matriz fechar a minha unidade'

fábrica fechada

Uma ouvinte se confessa assustada com notícias que está lendo. Ela explica:

"Trabalho em uma multinacional. A matriz, que não fica no Brasil, teve queda de faturamento e lucro nos últimos anos, e anunciou que uma das providências a ser tomada para reverter a situação será o fechamento de unidades deficitárias. Ao tomarmos conhecimento dessa informação através da imprensa, eu e meus colegas de trabalho procuramos o nosso gerente e perguntamos se nossa unidade corre o risco de ser fechada. Ele respondeu que não, porque não somos deficitários. Mas a verdade é que só temos a palavra dele, porque os números da nossa unidade nunca foram divulgados para nós, os funcionários. Estamos em dúvida se o mais coerente seria esperar para ver ou se começamos já a procurar outro emprego."

Vamos lá. Para começar, eu diria que boa parte da decisão de vocês está diretamente ligada ao grau de confiança que vocês têm em seu gerente. Ele tem um histórico de sinceridade? Afirmações que ele fez no passado realmente se confirmaram? Se a resposta for 'sim', então ele merece crédito pela afirmação que fez agora.

Também é verdade que a obrigação profissional do gerente é manter a coesão e a motivação da equipe até que a decisão final seja tomada pela direção da empresa. Caso contrário, uma unidade que talvez não seja deficitária possa passar a ser.

O conselho mais sensato que eu posso lhe dar é que você comece a sondar o mercado. E mude se surgir uma oportunidade interessante. Porém, enquanto ela não surgir, trabalhe com mais dedicação do que você trabalhou até hoje. Pode ser que esse esforço adicional, seu e de seus colegas, seja o que finalmente irá preservar a sua unidade e os empregos de todos vocês.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin