2013-01-18

'Meu salário triplicou desde 2000, mas não sei se comemoro' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 18/01/2013, com uma análise sobre salário e poder de compra entre o ano 2000 e atualmente.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Meu salário triplicou desde 2000, mas não sei se comemoro'

novo salário

Um ouvinte escreve: "Comecei a trabalhar no ano 2000. Em relação ao que eu ganhava na época, o meu salário em reais triplicou. Estou em dúvida se isso deve ser comemorado ou lamentado."

Boa pergunta. Tomando-se como base a inflação medida pelo IGP-M, o crescimento de salário entre janeiro de 2000 e dezembro de 2012 deveria ter sido de 190%. Então, o nosso ouvinte estaria com um pé a frente da inflação. Porém, essa comparação somente seria válida se tudo o que ele necessitava ter em 2000 continuasse a ser o que ele necessita hoje. Mas algumas coisas mudaram.

No ano 2000, só 7 de cada 100 brasileiros tinham celular. Hoje é difícil encontrar alguém que não tenha. 5 milhões de residências tinham internet. Hoje são mais de 60 milhões. A frota de automóveis particulares mais do que dobrou de 2000 para cá, acrescentando mais de 30 milhões de carros ao trânsito nosso de cada dia. Em 2000, poucas eram as residências com TV de tela plana e novidades tecnológicas como iPhone, iPad, iPod não haviam sido lançadas. A lista é longa, e sem dúvida, representa uma boa mordida no salário.

Como o nosso ouvinte não revelou quanto ganhava e quanto está ganhando, eu diria que se ele começou com 500 reais por mês, um valor aceitável para um primeiro emprego em 2000, hoje com o salário triplicado é provável que ele esteja mais endividado do que estava, caso tenha se rendido a algumas das revolucionárias comodidades surgidas no século 21.

Isso é bom ou é ruim? Sem dúvida, ruim não é. Mas seria muito melhor se todos os salários funcionais tivessem quadruplicado nesses doze anos, como ocorreu com o salário mínimo oficial.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin