2013-01-29

'Sou impaciente e tenho que me controlar para não acelerar os meus colegas' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/01/2013, sobre como a impaciência pode ser um fator positivo na carreira.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Sou impaciente e tenho que me controlar para não acelerar os meus colegas'

impaciente

Escreve um ouvinte: "Reconheço que tenho um defeito: sou impaciente. Em meu emprego vejo coisas sendo feitas com menor velocidade do que poderiam ser feitas e sinto vontade de apressar meus colegas, mas sei que isso é função do meu chefe e não minha. Faço muito esforço para ficar calado, mas já tentei, e não consigo, evitar uma sensação de desconforto. Não sei se isso será negativo ou positivo para a minha carreira."

Será muito positivo, desde que você demonstre que seus colegas são lentos através do seu próprio trabalho e não de cobranças verbais a eles. Nem sempre a lentidão na execução de uma tarefa significa que ela sairá melhor. Às vezes, os mais apressados cometem mais erros. Se você é capaz de apresentar um trabalho perfeito em um tempo mais curto, essa habilidade dificilmente deixará de ser notada por seu superior imediato.

A sua impaciência só lhe será útil se você souber usá-la para cobrar a si mesmo e não para atazanar a vida alheia. Um dia, quando você for promovido, poderá implantar a sua própria filosofia de pressa com perfeição.

E já que a impaciência é um fator positivo na carreira, se for usada para o bem e se for bem usada, qual seria o fator negativo? A indecisão. Já vi muitos profissionais serem promovidos mesmo tendo um ou outro defeito. Mas não me lembro de um só que tenha chegado a uma posição de chefia sendo indeciso.

Alguns ouvintes provavelmente pensarão: "Ah, mas meu chefe é indeciso!" Nah, não é. Ele é ponderado e sabe avaliar as consequências de suas decisões. Ou então é medroso e tem receio de tomar uma decisão que precisaria ser tomada.

Em resumo, ponderados, medrosos e impacientes progridem. Indecisos empacam.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin