2013-05-26

'Devo mudar de área mesmo com um chefe que pode afetar meu rendimento?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 13/05/2013, com o caso de um ouvinte em dúvida se fica no lugar em que está bem, mas não tem possibilidade de crescimento, ou se muda para um lugar que pode não ter um bom ambiente, mas que abrirá novas oportunidades.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Devo mudar de área mesmo com um chefe que pode afetar meu rendimento?'

trabalhador em dúvida

"Estou com uma tremenda dúvida", um ouvinte escreve. "Tenho 24 anos e trabalho em uma boa empresa. Me relaciono bem com meus colegas e tenho um chefe excelente, muito humano e sensível. Fui convidado a mudar para outro setor da empresa, ganhando mais e com maiores e melhores chances de crescimento profissional. E meu chefe já me disse que me libera, porque não quer impedir o meu progresso.

Só que tem um senão. O chefe desse outro setor é uma pessoa intragável, na opinião dos subordinados dele. Além de ser mal educado, ele critica os funcionários por terem feito coisas que ele mesmo mandou fazer, e costuma dizer que a melhor motivação que existe é o medo de ser demitido. O que eu faço? Fico onde estou bem e sou bem tratado, mas não vislumbro possibilidade de crescer, ou arrisco uma mudança que poderá me abrir novos caminhos, mas também poderá vir a afetar o meu rendimento e o meu equilíbrio profissional?"


Eu sugiro que você aceite o convite e mude de área. Recusar o convite seria se acomodar a uma situação confortável, o que até seria compreensível se você estivesse mais perto do fim da carreira do que no início dela. Mas você está na idade ideal para encarar desafios e ganhar uma valiosa experiência, mesmo que alguns momentos possam vir a ser meio estressantes.

Caso você aceite o convite, uma sugestão que lhe dou é a de não achar que você terá o pior tratamento do mundo por parte do novo chefe. Se você mudar já com essa prevenção arraigada, você irá interpretar qualquer espirro dele como tentativa de assédio moral.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin