2015-08-20

Meu salário anterior está assustando os entrevistadores - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 20/08/2015, com um ouvinte que está tendo dificuldade em achar um novo emprego porque seu salário no emprego anterior era muito alto.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Meu salário anterior está assustando os entrevistadores

salário alto

Um ouvinte escreve: "Fui dispensado em função dessa situação econômica ruim que o Brasil está passando. Minha empresa precisou aplicar um programa de redução de custos e eu fui uma das vítimas. O problema é que eu tinha um salário muito bom, porque já estava na empresa fazia 12 anos e meu cargo era de gestão. Agora, faz quatro meses que venho procurando outro emprego, mas o salário que eu tinha parece estar assustando aos interessados. Já mencionei em entrevistas que aceitaria uma redução salarial, mas nem isso ajudou, porque aparentemente o mercado está pagando, por uma função igual a minha, a metade do que eu ganhava. O que você sugere que eu faça?"

Bom, primeiro, você precisaria descobrir se o salário que você tinha estava mesmo muito acima da média do mercado. Isso acontece com profissionais como você, que passam muitos anos na mesma empresa. O salário vai subindo em função dos reajustes anuais e um dia acaba ficando fora da curva.

Se for isso, coloque como pretensão salarial o que o mercado está pagando, sem mencionar o seu último salário. Como ele consta em sua carteira profissional e como ela só lhe será solicitada depois das entrevistas, você terá a oportunidade de dizer ao entrevistador que entende que tinha um salário anormal e que sempre se preparou para o dia em que ele precisasse ser reduzido.

Isso ameniza a conversa antes que o tema se transforme em desconfiança de que você esteja procurando um emprego provisório até arrumar outro melhor.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin