2015-08-07

'Ninguém na empresa foi promovido nos últimos 30 meses' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 07/08/2015, com uma ouvinte que constatou que em sua empresa ninguém foi promovido nos últimos 30 meses.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Ninguém na empresa foi efetivado nos últimos 30 meses'

promoção no emprego

Uma ouvinte escreve: "Seguindo um conselho seu em um comentário, fiz uma pesquisa por conta própria aqui na empresa e descobri que ninguém foi promovido nos últimos 30 meses. Todas as vagas que surgiram para gestores foram preenchidas com contratações de fora. Isso quer dizer o que? Que a empresa nos vê a todos como incompetentes e que a nossa única esperança para progredir é mudar de emprego?"

Bom, essa é, sem dúvida, uma dedução. Não que todos vocês sejam incompetentes no que fazem, mas talvez não tenham mostrado algumas competências necessárias para subir de cargo. Isso costuma acontecer em empresas que têm funcionários bastante estáveis e que estejam há tempos executando as mesmas tarefas.

Aí, entra algum diretor novo e resolve, como diretor novo costuma dizer, "dar um up", admitindo profissionais com mais escolaridade, por exemplo, ou que já tenham passado por empresas maiores e possam contribuir com novas ideias.

Pode ser que esse seja o caso da sua empresa, ou pode ser que não. Você mesma pode chegar a uma conclusão fazendo uma segunda observação pessoal. Esse pessoal que entrou é realmente bom? Eles deram boas contribuições? Se a resposta for não, eles não acrescentaram nada, aí não existe uma explicação razoável para preterir os que são da casa.

Mas eu ainda acredito que a sua nova pesquisa lhe mostrará, pelo menos, o perfil do gestor que a sua empresa deseja ter. E você pode se espelhar neles, caso deseje ser promovida.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin