2017-05-23

'Bronca pode ser considerado assédio moral?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 23/05/2017, com um ouvinte que levou uma bronca por não ter entregue um relatório no prazo estipulado e quer saber se isso pode ser considerado assédio moral.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Bronca pode ser considerado assédio moral?'

bronca assédio moral

Um ouvinte escreve e a mensagem dele é longa, mas basicamente ele levou uma bronca do superior hierárquico por não ter entregue um relatório dentro do prazo estipulado. E quer saber se:

1 - Sofreu assédio moral?
2 - A quem deve reportar o fato?
3 - O que pode ser feito para evitar que tal grosseria se repita?

Começando pela terceira indagação, a dita grosseria não se repetirá se os prazos forem cumpridos. Quanto à primeira, a do assédio moral, ela somente pode vir a se tornar um fato se as broncas forem ofensivas e repetitivas. E quanto à segunda, a quem reclamar, existe um setor próprio para isso nas empresas, que é a área de recursos humanos.

O que posso deduzir da mensagem é que o ouvinte não vem sendo sistematicamente perseguido ou ofendido, porque se esse fosse o caso, ele o teria relatado.

O que posso dizer é: calma, gente! O mercado de trabalho melhorou em termos de tratamento e precisa continuar melhorando, mas não se tornou e nem vai se tornar uma utopia em que um superior hierárquico não pode repreender um subordinado que deixa de cumprir o prazo.

Existem empresas que não tratam os seus funcionários com o devido respeito? Sim. Existem chefes sem-noção? Sim. Mas isso não ocorre o tempo todo, em todo lugar e em qualquer situação.

Reclamar é um direito que deve ser exercido, mas é preciso saber separar um instante de irritação de uma ação contínua, constante e abusiva.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin