2017-05-03

'Fui promovido a líder, mas não recebi nada a mais por isso' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 03/05/2017, com um ouvinte que foi promovido a um cargo de liderança, mas não recebeu aumento e nem teve o cargo alterado.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Fui promovido a líder, mas não recebi nada a mais por isso'

executivo em dúvida

Escreve um ouvinte: "Fui promovido a líder de uma equipe de trabalho. A promoção foi anunciada internamente e eu recebi os devidos parabéns. Mas sete meses se passaram e o meu cargo permanece sendo o mesmo que era e a minha remuneração também não foi alterada. Cansado de esperar, falei com o meu gerente e ele me disse que eu estava indo bem, mas que a situação de incerteza do mercado impedia que a empresa me desse uma previsão de data para fazer os acertos de nomenclatura e salário. O que faço, já que incerteza é o tipo da noção que ainda pode ser esticada por algum tempo?"

Você tem razão. Essa é uma noção que pode ser esticada indefinidamente.

Vamos começar pelo que você já sabe. Você foi promovido e está indo bem. Portanto, se a empresa pretendia vê-lo em ação antes de sacramentar formalmente a promoção, esse tempo já passou.

Agora, faça uma pequena pesquisa por conta própria. Descubra se nesses sete meses, alguém aí, de qualquer setor, foi promovido e recebeu aumento. Se isso aconteceu, a incerteza não impediu a empresa de conceder a outro profissional, o que não concedeu a você.

Em seguida, e sem mencionar esse fato, diga a seu gerente que você entende que incertezas requerem o apoio de todos. E que você está disposto a apoiar, mas gostaria de saber se, quando a certeza voltar, você receberá alguma compensação pelo tempo em que foi líder sem ganhar como líder. A resposta que você ouvir irá lhe revelar as verdadeiras intenções da empresa.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin