2018-04-26

'Passei por três entrevistas e recebi elogios, mas vaga foi preenchida por outra pessoa' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 26/04/2018, com uma ouvinte que foi muito bem tratada no processo seletivo, mas não conseguiu a vaga.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Passei por três entrevistas e recebi elogios, mas vaga foi preenchida por outra pessoa'

mulher entrevista de emprego

Escreve uma ouvinte: "Até a semana passada, eu estava muito feliz por minha participação em um processo seletivo. Passei por três entrevistas, recebi elogios depois delas e dois dos entrevistadores até compartilharam comigo, detalhes sobre a empresa que dificilmente são abertos a candidatos a emprego. O último contato foi com a coordenadora de pessoal, que se despediu de mim dizendo que eu iria gostar muito de trabalhar naquela empresa.

Com todos esses inequívocos sinais positivos, acreditei que estava contratada. Mas, dias depois, recebi uma mensagem agradecendo a minha participação no processo e me informando que a vaga havia sido preenchida. Nem consigo descrever a maneira como me sinto e lhe pergunto: o que poderia ter acontecido?"


Muito provavelmente, aconteceu que todas as outras candidatas foram tratadas da mesma maneira cordial e acolhedora que você foi. E aquela que conseguiu a vaga irá falar maravilhas sobre o tratamento que ela recebeu da empresa, desde o primeiro momento, que é o que você também falaria se tivesse sido escolhida.

Eu entendo o seu otimismo pós-entrevista, mas fica a dica, para você e nossos ouvintes: de segurar o otimismo até que uma oferta formal de emprego seja feita e aceita.

Sugiro que você escreva agradecendo a oportunidade, enfatizando a ótima impressão que a empresa lhe causou e expressando o seu desejo de poder, futuramente, voltar a ser considerada para uma vaga nela.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin