2018-04-05

Voltar para empresa onde já se trabalhou por muitos anos não é dar um passo para trás - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 05/04/2018, com uma ouvinte que gostaria de voltar a trabalhar em uma empresa por qual ela já passou.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

Voltar para empresa onde já se trabalhou por muitos anos não é dar um passo para trás

mulher trabalhando

Uma ouvinte escreve: "Depois de ficar sete anos na mesma empresa, decidi partir em busca de novas oportunidades. Consegui uma vaga em uma empresa renomada, mas não fiquei muito tempo nela porque a pressão era insuportável. Mudei novamente e pensei ter encontrado uma vaga que iria me satisfazer em termos de oportunidade de crescimento na carreira, mas depois de um ano aqui, já não tenho tanta certeza.

Nessas últimas semanas, não consigo parar de pensar na primeira empresa que deixei: ótimo ambiente, gente confiável, chefes compreensivos, ou seja, tudo o que não consegui mais encontrar depois de sair de lá. Ainda tenho contatos naquela empresa e poderia utilizá-los. Você acha que pedir para retornar seria dar um passo atrás?"


Não. O que eu acho é que você passou por um processo de sanitização mental em relação a um emprego.

É comum nos dias atuais que profissionais empregados reclamem de alguma coisa, seja da chefia, ou da falta de reconhecimento, ou de pressão excessiva e por aí vai.

É por isso que tanta gente muda rapidamente de emprego, com a esperança de que "o que é ruim aqui, será bom lá". E você aprendeu, por experiência prática, que estava em uma boa empresa.

Talvez, depois de sete anos nela, você tenha se convencido de que o seu prazo de validade estava se esgotando. Mas isso não é verdade para quem mostra bons resultados.

Se você voltar para lá, e espero que volte, sugiro que você comece a trabalhar como se fosse o seu primeiro dia naquela empresa, e não o oitavo ano.

Max Gehringer, para CBN.


Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin