2011-12-02

Qual das duas empresas oferece melhor oportunidade de carreira? - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 02/12/2011, sobre oportunidades de carreira e ganho financeiro em empresas grandes e pequenas.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Qual das duas empresas oferece melhor oportunidade de carreira?

grandes empresas

Um ouvinte escreveu para dizer que trabalha numa empresa de grande porte, muito conceituada no mercado. E ele recebeu um convite de uma empresa menor, de gestão familiar, para um cargo melhor e com um salário 20% maior. Parece uma proposta irrecusável à primeira vista, mas, sabiamente, o ouvinte pediu um tempo para pensar e me pergunta: o que eu acho?

Bom, se fosse eu, não teria dúvidas. Eu agradeceria e recusaria. Os 20% são, de fato, um belo incentivo imediato. Mas a grande pergunta é: qual das duas empresas oferece uma melhor possibilidade de carreira?

Numa empresa menor, de gestão familiar, o nosso ouvinte poderia subir mais um degrau nos próximos dez anos. Na empresa atual, poderia subir três, simplesmente porque a escada tem mais degraus.

Empresas como a que o nosso ouvinte trabalha partem da premissa de que não precisam pagar salários acima da média do mercado porque podem oferecer mais oportunidades em médio e longo prazo. Empresas menores, que não podem competir nesse quesito, atraem profissionais oferecendo uma vantagem financeira de curto prazo.

Agora, vamos dizer que o nosso ouvinte teria que esperar uns três anos para chegar a uma gerência na empresa atual. Se ele já fosse como gerente para a empresa menor, teria a possibilidade de voltar como gerente, para a empresa atual, em menos de três anos? Não, porque não há uma equivalência de funções. Um gerente de uma empresa pequena equivale a um supervisor de uma empresa grande.

Eu entendo que os 20% na mão seria um atrativo mais do que suficiente para muita gente. Mas, saber pesar o presente e o futuro, é o que faz a diferença entre um emprego e uma carreira.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin