2011-12-14

Falta de conhecimento sobre a empresa pode prejudicar comitê interdepartamental - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 14/12/2011, sobre como se comportar num comitê interdepartamental.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Falta de conhecimento sobre a empresa pode prejudicar comitê interdepartamental

reunião

Uma ouvinte escreve que os resultados na empresa dela não serão bons este ano. Para que as coisas melhorem no ano que vem, a empresa está tomando algumas medidas, e uma delas foi a criação de um comitê para apresentar sugestões.

Este comitê terá um integrante de cada departamento, nenhum deles ocupando cargo de gestão, e a nossa ouvinte foi nomeada para representar a área dela, a financeira. Só que ela não sabe como contribuir. Ela não conhece em detalhes a operação da empresa e tem receio de falar alguma bobagem. Por isso, pergunta: "Como se comportar?"

Bom, para começar, a nossa ouvinte será partícipe de um comitê interdepartamental, uma frase que irá pegar muito bem no currículo dela. Geralmente esses comitês costumam trazer bons resultados, mas o pode prejudicar os trabalhos é exatamente o que a nossa ouvinte antecipou: um integrante de uma área começar a dar palpites nas áreas alheias, sem suficiente conhecimento de causa. Normalmente isso é percebido mais como ofensa do que como contribuição.

O comitê funciona bem quando alguém expõe uma ideia de sua própria área, e aí os representantes das demais áreas explicam como poderão oferecer o apoio necessário. Por exemplo, o representante de compras propõe que os itens de menor valor sejam adquiridos à vista, garantindo que assim conseguiria grandes descontos com os fornecedores. Caberia a nossa ouvinte responder como isso afetaria a área financeira.

Também é bom lembrar que nem todas as respostas estarão na ponta da língua. Se for preciso tempo para responder, ele deve ser solicitado.

Se todos os integrantes conseguirem se entender e trabalhar em grupo, o comitê será uma bela oportunidade para funcionários sem cargos de gestão, que raramente são ouvidos, poderem mostrar que merecem ser.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin