2011-12-20

'Não consigo trabalhar no que me formei e agora, quero fazer um curso técnico' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 20/12/2011, sobre a dificuldade de um ouvinte em conseguir um emprego sendo formado em Engenharia Ambiental e que pensa em fazer um curso técnico de Segurança do Trabalho.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Não consigo trabalhar no que me formei e agora, quero fazer um curso técnico'

engenharia ambiental

Um ouvinte formado em Engenharia Ambiental e pós-graduado em Segurança do Trabalho escreve para dizer que não consegue emprego e está considerando iniciar um curso de nível técnico de Segurança do Trabalho. Como seus amigos dizem que ele perdeu o juízo, o ouvinte pergunta se perdeu mesmo.

O juízo talvez não. Mas certamente perdeu tempo. Se ele tivesse começado pelo curso técnico, teria conseguido um emprego aos 18 anos, e aí poderia iniciar um curso superior, com a vantagem de poder ter escolhido o curso mais apropriado para as necessidades da empresa em que estivesse trabalhando.

Aqui vale uma recomendação para quem está pensando em cursar Engenharia Ambiental. É um curso que atrai os jovens, pelo óbvio motivo de que a preocupação com o meio ambiente é saudável e elogiável.

Porém, as faculdades estão formando mais engenheiros ambientais do que o mercado consegue absorver. Os que não conseguem um emprego na área, e que compõem a maioria dos formandos, fazem o curso de Segurança do Trabalho, imaginando que isso facilitaria a contratação.

Não facilita. Uma empresa que esteja precisando de um técnico, e há número suficiente deles no mercado, não se encantaria com a possibilidade de contratar um engenheiro, porque sabe que ele não se contentaria em continuar como técnico por muito tempo.

Não que tudo isso deva tirar o incentivo de quem quer cursar Engenharia Ambiental. É apenas um alerta para as dificuldades que surgirão depois.

Para finalizar, um curso superior, qualquer que seja, não deve engessar uma carreira. Quem não consegue um emprego na área de formação pode e deve tentar começar por outra área. Muitos bons profissionais que conheço não atuam na área em que se formaram. E nem por isso, estão frustrados ou arrependidos.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin