2012-06-19

'Recebi minha primeira promoção para um cargo de chefia. Como devo proceder?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 19/06/2012, com uma dica de como ser um bom chefe.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Recebi minha primeira promoção para um cargo de chefia. Como devo proceder?'

bom chefe

Um ouvinte com 23 anos de idade escreve para dizer que recebeu uma promoção para um cargo de chefia. Beleza! Como é a primeira vez que vai chefiar uma equipe, ele me pede uma dica de como proceder.

Eu agradeço a pergunta. Assim como o nosso ouvinte, eu também recebi uma atribuição de chefiar um setor quando talvez ainda não tivesse nem idade, nem experiência para ser chefe. Por isso, somente após alguns anos, eu finalmente compreendi algo que passo com prazer para o nosso jovem ouvinte chefe:

Toda equipe é sempre melhor do que o chefe imagina. Não apenas melhor, mas muito melhor. Tanto em termos operacionais, quanto em criatividade.

Alguém poderá dizer que eu era meio lento para entender as coisas, e talvez eu tivesse sido e seja até hoje, mas eu conheço pessoas, e não são poucas, que ocupam cargos de chefia há bastante tempo e continuam com a impressão de que dirigem uma equipe de subordinados sem competência, que só vai executar o trabalho se o chefe ficar o tempo todo pressionando e ameaçando.

Acontece que o comportamento de qualquer equipe é sempre proporcional à maneira como ela é tratada. Se o chefe age como se os subordinados somente irão se mover se forem empurrados, a tendência é que os subordinados desacelerem e esperem que o chefe os empurrem. O resultado é que o chefe acaba absorvendo tarefas que poderia delegar, e fica sem tempo para pensar como chefe.

Para um chefe, a vantagem de oferecer aos subordinados um grau maior de liberdade para pensar e tomar decisões relativas ao trabalho que eles executam, é a de poder descobrir quem é realmente bom e quem não é tão bom. Posso assegurar ao nosso ouvinte que caso ele dê essa abertura a seus subordinados, ele terá boas e más surpresas. Mas as boas serão em número muito maior.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin