2012-06-26

'Tenho um gerente que não me trata com o respeito que mereço' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 25/06/2012, sobre como as redes sociais da internet são um passatempo e não networking.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Tenho um gerente que não me trata com o respeito que mereço'

maus chefes

Uma ouvinte escreve: "Tenho um gerente que não me trata com o respeito que mereço. Não sei os motivos, mas, de uns tempos para cá, ele se dirige a mim asperamente, me critica por coisas insignificantes e, por vezes, dá a impressão de mal suportar a minha presença. Essa situação me deixa ainda mais constrangida porque meus colegas não recebem o mesmo tipo de tratamento. Pergunto: como agir nessa situação?"

Vamos lá. Comece pensando nas razões que possam ter levado o seu gerente a mudar de atitude com relação a você, e somente a você. Algo deve ter acontecido. Talvez sem que você tivesse percebido naquele momento. Pode ter sido um comentário seu, ou uma omissão, ou qualquer atitude que para você foi normal, mas que para seu gerente não foi, mesmo que ele tenha interpretado incorretamente a situação.

O primeiro passo então é conversar com ele. Não para reclamar do tratamento, porque um confronto não iria melhorar o panorama. Pergunte a ele, no seu tom normal de voz, o que você eventualmente pode fazer para que a relação entre vocês, que sempre foi boa, possa voltar a ser o que era. Acrescente que, da sua parte, tudo o que você deseja é fazer um trabalho a altura do que ele espera e que você está a disposição para mudar o que for preciso.

Dito isso, deixe que seu gerente fale o que ele quiser. Eu não creio que ele mudará de atitude imediatamente, mas acredito que algo acontecerá em uma semana.

Há alguma coisa a seu favor nessa situação. Se o objetivo do seu gerente for forçá-la a pedir demissão, ele ficará sabendo que você não fará isso. E, se ele quisesse dispensá-la, já teria tomado essa medida. Então, o que existe é um mal-estar, que pode ser remediado. Posso lhe garantir que na maioria dos casos semelhantes ao seu, o que resolve o problema é enfrentar a situação com profissionalismo, sem se alterar, sem se desculpar e sem fazer acusações.

Max Gehringer, para CBN.

1 comment:

Anonymous said...

"O primeiro passo então é conversar com ele. Não para reclamar do tratamento, porque um confronto não iria melhorar o panorama."

O chefe do sujeito que enviou a carta ao Gehringher deve ser o Darth Vader. Seria correto ficar tolerando tanta tirania em troca de um emprego miserável? Mesmo um bom salário jamais compensa a o risco da SAÚDE MENTAL de uma pessoa.

Blog Widget by LinkWithin