2013-02-14

Fique esperto com constrangimento aos novatos - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 14/02/2013, com um ouvinte que entrou em um novo emprego e cujos novos colegas disseram que ele deveria pagar um almoço para eles para ser bem aceito no grupo.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Fique esperto com constrangimento aos novatos

almoço trabalho

Um ouvinte escreve: "Fui contratado por uma empresa e já no meu primeiro dia, um colega me disse, meio brincando e meio sério, que é praxe os novos funcionários pagarem um almoço para os colegas do setor. Meu problema nem é tanto o preço, porque não é muita gente. Mas estou em dúvida quanto a essa cerimônia. Fico pensando que posso começar criando um mau ambiente se não pagar. E, por outro lado, algo me diz que isso não é correto. O que você faria em meu lugar?"

Eu diria que estou com muitas dívidas no momento e preciso esperar até a minha situação financeira se estabilizar um pouco. Essa ponderação daria a você tempo para avaliar com mais cuidado essa prática estranha, de um funcionário calouro ter que pagar um pedágio para ser aceito pelos veteranos. Posso até entender isso em trote de faculdade, mas não em empresas.

Se a empresa em que você entrou tivesse uma área atuante de Recursos Humanos, esse constrangimento aos novatos já teria sido proibido. E se os seus colegas fossem receptivos e quisessem lhe oferecer as boas-vindas ao grupo, eles se cotizariam para pagar um almoço para você, em vez de exigir o contrário.

Ganhando tempo, você poderá descobrir também se esse almoço forçado ocorre em outros setores da empresa ou apenas no seu. Se for só no seu, você está rodeado de colegas muito brincalhões ou muito espertos ou as duas coisas.

E a última questão é: o chefe do setor participa desse almoço? Se ele não participar, ou por discordar da prática ou por nem saber da existência dela, esse é o melhor sinal de que você está cercado por gente muito esperta. Portanto, sugiro que você também fique esperto. Não só em relação a esse almoço, como, principalmente, em relação à sua carreira nesse setor.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin