2013-02-04

Formação acadêmica e vida profissional não precisam ser duas linhas paralelas - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 04/02/2013, sobre a formação acadêmica e a vida profissional.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Formação acadêmica e vida profissional não precisam ser duas linhas paralelas

formação acadêmica vida profissional

Uma ouvinte escreve: "Trabalho em uma função que é totalmente diferente da minha formação, assim, da água para o vinho. Só que eu ganho bem e sou muita reconhecida pelo que faço. O problema é que fico constantemente pensando que eu poderia estar ainda melhor e ganhando ainda mais se trabalhasse naquilo em que me formei. Os poucos parâmetros que tenho para avaliar se isso é realmente verdade, são os meus antigos colegas de faculdade, que estão trabalhando na área em que nós nos formamos. E até onde eu sei, nenhum deles ganha mais do que eu. Talvez essa seja uma indicação suficiente para eu parar de me preocupar. Mas a questão é que a pulga não sai de trás da minha orelha. O que você faria em meu lugar?"

Eu não teria dúvidas: continuaria aí mesmo. A formação acadêmica e a vida profissional não precisam necessariamente ser duas linhas paralelas. São muitos os casos, como o seu, em que essas duas linhas se afastaram tanto uma da outra que já estão em galáxias diferentes.

A minha sugestão é que você faça novos cursos para se especializar ainda mais naquilo que você já faz. Daqui a cinco anos e dois cursos, você nem se lembrará mais do primeiro curso que fez.

Outro dia eu conheci um diretor de uma empresa de informática e ri muito quando ele me disse que havia se formado em "Economia porque". E me explicou que sempre tinha que responder "Eu me formei em Economia porque meu pai é economista."

A minha sugestão a nossa ouvinte é: incorpore um "porque" ao nome do curso que você fez e concentre-se, cada vez mais, naquilo que já vem lhe rendendo bons frutos profissionais.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin