2013-04-03

Entrevistas de emprego: Fale apenas o suficiente nas entrevistas - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 03/04/2013, sobre como as entrevistas de emprego são parecidas no mundo todo, com seis perguntas básicas que sempre são feitas e com três cuidados que os candidatos a emprego devem tomar sempre.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Fale apenas o suficiente nas entrevistas

perguntas entrevista emprego

Esta semana andei pesquisando sites de outros países, uns 30 deles, que falam sobre entrevistas de emprego. E descobri que, aparentemente, todos os entrevistadores do mundo fazem seis perguntas básicas aos entrevistados. Elas são as seguintes:

Primeira: Fale um pouco de você.

Segunda: Por que você gostaria de trabalhar conosco?

Terceira: Por que você saiu do seu último emprego?

Quarta: Quais são seus pontos fortes?

Quinta: Qual é o seu maior defeito?

E sexta: Onde você se vê daqui a cinco anos?

E como seria de se esperar, as respostas sugeridas também são iguais no mundo inteiro. Mas há três cuidados básicos que os entrevistados devem tomar:

Um é de falar apenas o suficiente. E isso significa que falar pouco é melhor do que falar muito.

O segundo cuidado é o de só dar respostas que tenham a ver com aquela empresa específica. Ou seja, se o candidato vai mencionar um ponto forte que ele tem, esse ponto forte precisa se encaixar em uma necessidade daquela empresa.

E o terceiro cuidado é o de jamais falar mal de antigos empregadores.

Mas, apesar de as entrevistas serem tão iguais, sempre existe algum detalhe que pode diferenciar um candidato do outro. Um deles é uma carta de agradecimento. Ao chegar em casa, o candidato pode mandar uma carta ou um e-mail ao entrevistador, agradecendo a oportunidade, dizendo que aprendeu muito durante a entrevista e reiterando que deseja ainda mais fazer parte daquela empresa. Num mundo cada vez mais parecido, são essas pequenas providências que ajudam uns poucos a se destacar.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin