2013-04-29

'O que responder quando o entrevistador perguntar sobre os objetivos profissionais?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 29/04/2013, sobre o que um jovem pode responder numa entrevista de emprego quando o entrevistador lhe perguntar quais são seus objetivos profissionais.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'O que responder quando o entrevistador perguntar sobre os objetivos profissionais?'

entrevistas de emprego para jovens

Dúvida de uma jovem ouvinte. Diz ela: "Tenho 21 anos e estou procurando meu primeiro emprego. Gostaria de saber o que responder quando o entrevistador me pergunta qual é o meu objetivo profissional."

Bom, se você não sabe a resposta, o seu problema é maior do que você imagina. Mas eu creio que você saiba e esteja mais preocupada com o que você imagina que o entrevistador queira ouvir, do que com o que você realmente pensa sobre a sua carreira e o seu futuro.

Mas vamos por partes. Se o entrevistador não mencionar o fator tempo, você deve responder que tem três objetivos profissionais, em curto, médio e longo prazo. O de curto prazo, ou seja, , é entrar na empresa e executar bem o trabalho para o qual você está sendo contratada. O de médio prazo, pelos próximos três anos, é continuar estudando para não ficar desatualizada e aproveitar todas as oportunidades que a empresa lhe der para evoluir na carreira. E o de longo prazo, daqui a cinco anos, será o de poder olhar para trás e se sentir satisfeita com suas escolhas, em termos de escola e de profissão.

Tudo isso pode parecer abobrinha, mas o erro que muitos jovens profissionais cometem é o de já começar pensando nos objetivos de longo prazo. Se um jovem, em seu primeiro emprego, se puser a agir e a falar como se já fosse um gerente, apontando erros e fazendo críticas, muito provavelmente ele nem será efetivado ao final do contrato de experiência. Não porque ele não seja inteligente, ambicioso ou criativo, mas porque ele terá tempo para demonstrar tudo isso e mais um pouco, depois que tiver conquistado a confiança de todos.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin