2013-08-08

'Como faço para meus filhos terem mais sucesso do que eu?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 08/08/2013, com um ouvinte que está preocupado que seus filhos não estejam ouvindo seus conselhos sobre carreira.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Como faço para meus filhos terem mais sucesso do que eu?'

pai filho conversando

Um ouvinte escreve: "Meu problema é mais psicológico do que técnico. Tenho 42 anos, comecei a trabalhar aos 17 e tenho curso superior em Administração. Em minha carreira passei por uma série de empresas, sem nunca chegar a um posto de comando e fui demitido três vezes por motivos variados. Hoje estou empregado, mas tenho uma função que não condiz nem com a minha formação, nem com os meus 25 anos de experiência.

Aí vem o meu problema. Tenho dois filhos que estão fazendo faculdade. E toda vez que tento aconselhá-los sobre suas carreiras, fico com a impressão de que eles me olham como se eu não fosse a pessoa mais indicada para oferecer esse tipo de conselho, já que não sou o melhor exemplo de um profissional bem sucedido. O que faço para que eles tenham mais sucesso do que eu?"


Eu lhe recomendaria primeiro descobrir se a impressão que você tem sobre a opinião dos seus filhos é, de fato, verdadeira. Eu não creio que ela seja. Pais bem sucedidos profissionalmente vivem a mesma situação que você em relação aos filhos, porque jovens, nessa idade, querem traçar os seus próprios caminhos.

Você vai ter uma surpresa daqui a uns dez anos, quando seus filhos começarem a dizer: "Meu pai sempre me falava isso ou aquilo". Eles estão lhe ouvindo, mesmo que lhe pareça que não.

De resto, eu lhe sugiro não usar um discurso derrotista, do tipo "Não tive sorte na vida". Filhos preferem pais que se mostrem fortes, apesar das adversidades. E o melhor exemplo que você pode oferecer a eles é o de sempre ter tentado e de nunca ter desistido. É disso que eles se lembrarão, e não de quantos empregos você teve ou de que cargos poderia ter ocupado.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin