2013-10-02

'A maioria dos meus colegas não têm um estilo educado' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 02/10/2013, com uma ouvinte é bem educadinho e trabalha numa empresa em que os seus colegas não são tanto assim.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'A maioria dos meus colegas não têm um estilo educado'

mal educado

Um ouvinte escreve: "Fui admitido em meu primeiro emprego. Por formação familiar, sempre fui educado. Cumprimento a todos amistosamente e falo 'por favor' e 'obrigado' tantas vezes por dia que perco a conta. Além disso, nunca falei e nem falo mal de ninguém, e evito discussões. Estou percebendo que esse meu estilo não é o da maioria de meus colegas, que são mais assertivos, discutem tudo, falam alto e não são adeptos de gentilezas. Não quero mudar a minha maneira de ser, mas tenho receio de ser rotulado como um funcionário baba-ovo. O que você me recomendaria?"

Vamos começar pelas boas notícias. Todos os presidentes das empresas nas quais eu trabalhei, com exceção de um só, falavam baixo e eram polidos no trato com as pessoas. Porém, todos eles eram assertivos, uma palavra que não significa "tomar a decisão certa", e sim, "saber se colocar de modo a convencer os outros". Para fazer isso, não é preciso falar mais alto, é preciso ter bons argumentos e não deixar de usá-los, mesmo quando eles possam contrariar a opinião de alguém que seja mal educado ou boquirroto.

Então, ao confrontar alguém assim, diga o que você pensa, em seu estilo educado e amistoso, ouça a réplica que virá em Lá maior e repita o que você disse, no mesmo tom de voz. Se seus argumentos forem realmente fortes, o seu volume de voz não precisa ser.

Aos poucos, as pessoas irão se acostumando com o seu estilo e passarão a respeitar as suas opiniões. Babar ovo é dizer o contrário do que você pensa, com o objetivo de agradar a alguém. Dizer o que você pensa com firmeza, sem deixar de adicionar "por favor" e "obrigado" a cada frase, é babar sabedoria.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin