2013-10-17

'Meu chefe pediu para ser avaliado e não sei como criticá-lo' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 17/10/2013, com táticas de como avaliar um chefe, criticando-o, mas sem deixá-lo desagradavelmente surpreso.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Meu chefe pediu para ser avaliado e não sei como criticá-lo'

avaliação desempenho chefe

Uma ouvinte escreve: "Trabalho num setor que tem oito funcionários. Meu chefe solicitou que cada um de nós fizesse uma avaliação dele, na parte técnica e na parte de liderança. Serão avaliações sem identificação do autor, que vamos imprimir, colocar num envelope e entregar a um colega, que as entregará, todas juntas, ao chefe. Minha dúvida é a seguinte: ele está longe de ser um exemplo de um bom gestor, principalmente na parte humana. Nós estamos todos em dúvida se devemos escrever o que achamos ou o que o chefe gostaria de ler, porque não sabemos quais serão as consequências se cada um disser o que realmente pensa."

Muito bem. No lugar de vocês, eu não perderia essa oportunidade de dar uma opinião sincera. Mas ao mesmo tempo, tomaria o cuidado de não deixar o chefe desagradavelmente surpreso com as verdades que ele for ler.

A maneira de fazer isso é encontrar três coisas que o chefe faça bem feito e elogiá-las. Aí, entre a segunda e a terceira, incluir a crítica. Dessa forma ele lerá dois elogios, o que já o deixará desarmado, aí lerá uma crítica, da qual ele não irá gostar, e terminará lendo outro elogio, o que o deixará aliviado.

Talvez você argumente que não há três coisas boas que possam ser ditas a respeito do chefe e que há, no mínimo, três ruins que precisam ser ditas. Nesse caso, reúnam-se, conversem e façam todos os mesmos três elogios, mas distribuam as críticas, com cada um mencionando uma, mas com dois repetindo uma mesma crítica, para o chefe saber que mais de um acha a mesma coisa.

Ao final, ele lerá três elogios e quatro críticas, o que me parece, reflete bem o que vocês pensam dele.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin