2013-10-07

'Meu cargo atual de gerente dificulta contratação em outras empresas' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 07/10/2013, com um ouvinte que está com dificuldade porque seu título é de gerente em uma pequena empresa.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Meu cargo atual de gerente dificulta contratação em outras empresas'

gerente pquena empresa

"Tenho a seguinte dúvida", um ouvinte escreve. "Por trabalhar em uma empresa de pequeno porte, que tem apenas 18 funcionários, eu tenho um cargo de gerente, mesmo tendo só dois subordinados diretos. O meu título impressiona quando dou o meu cartão de visita para alguém. Mas, como a empresa é pequena, ela não pode pagar salários altos: eu ganho o equivalente a três salários mínimos.

Há alguns meses comecei a sondar o mercado, já que não vejo qualquer chance de crescer mais onde estou. E tive uma surpresa. Quando me candidatei a uma vaga de gerente em uma empresa grande, fui rejeitado porque nela os gerentes ganhavam cinco vezes mais do que eu. E nas vezes em que me candidatei a vagas administrativas, o que não me incomodaria, fui rejeitado porque tenho um título de gerente. Como posso ajeitar essa situação em meu currículo, para não espantar os possíveis interessados?"


É fácil. Vá mudando o nome de seu cargo de acordo com a exigência do freguês. Quando você mandar um currículo para uma empresa grande, que estiver contratando um encarregado, ou um supervisor ou um assistente administrativo, coloque em seu currículo exatamente a mesma função que ela está buscando.

Na entrevista, você pode começar explicando que o nome do seu cargo atual é um exagero, mas acrescente que você sonha ser gerente em uma empresa grande. E por isso não se importa em começar na função que a empresa determinar. Assim, ao mesmo tempo, você mostra pé no chão, determinação e ambição. O que mais uma empresa poderia querer?

Max Gehringer, ara CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin