2013-10-18

'Sinto que escorreguei na carreira ao perder o cargo de gerente' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 18/10/2013, com um ouvinte que irá se reportar a um gerente em vez do diretor e que sente que sua carreira deu um passo atrás por causa disso.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Sinto que escorreguei na carreira ao perder o cargo de gerente'

escada carreira

Um ouvinte escreve: "Estou em uma empresa boa e tenho um bom cargo. Tenho 32 anos e sou gerente de um setor, reportando-me diretamente ao diretor da área. Porém, tive uma má surpresa na semana passada. Meu diretor nos disse que tem oito gerentes como subordinados diretos e não tem tido tempo suficiente para dedicar a cada um, a atenção merecida. Por isso ele irá reestruturar a área, reduzindo os setores para quatro e incorporando neles, os quatro restantes. Como o meu setor é um dos menores em faturamento, eu passaria a me subordinar a um gerente que hoje é o meu par. Meu salário continuará igual. Meu trabalho também. Mas eu me sinto como se estivess escorregando um degrau na carreira. Se estivesse em meu lugar, você aceitaria essa situação?"

Sim. Mas só até achar outro emprego, que eu começaria a procurar de imediato.

Há certos fatos na vida profissional que causam forte impacto psicológico. E você está passando por um deles. Mesmo que tudo faça sentido do ponto de vista técnico e administrativo, e no seu caso tudo faz, vai ficar aquela sensação de que você precisará provar de novo, tudo o que já provou para poder voltar a um patamar em que já estava.

Mesmo que você queira achar que não, essa sensação voltará a incomodá-lo toda vez que você tiver que conversar com seu novo gerente, algo que estava acostumado a conversar com o diretor.

Então, aproveite a sua pouca idade para prosseguir a carreira do ponto do organograma em que você ainda está. Porque, daqui há três meses, o mercado já passará a vê-lo em um ponto mais baixo.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin