2014-09-04

'Devo largar meu emprego atual para trabalhar na empresa da família?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 04/09/2014, com uma ouvinte que iniciou a sua carreira longe da empresa de sua família, mas que agora está sendo pressionada pela família a trabalhar na empresa familiar.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Devo largar meu emprego atual para trabalhar na empresa da família?'

empresa familiar

Uma ouvinte escreve: "Tenho 24 anos, um bom emprego e boas perspectivas de carreira na empresa atual. Acontece que minha família tem uma empresa própria, cujo sócio principal é meu pai. E ele vem insistindo para que eu deixe o meu emprego atual e venha trabalhar com a família. Não sei o que faço. Não gostaria de abandonar uma carreira que está indo bem, mas também não gostaria de deixar a minha família descontente."

De fato, essa é uma decisão difícil. Para tomá-la, você precisa eliminar da equação o fator sentimental.

Herdeiros de empresas, como é o seu caso, normalmente iniciam a carreira na própria empresa familiar, pelo mais elementar dos motivos: é mais fácil conseguir um emprego nela do que disputar vagas em outras empresas.

Você tomou uma decisão elogiável, a de começar a carreira longe da família. E agora que mostrou competência, pode negociar. Ao contrário de muitos herdeiros, você não estaria se juntando à empresa familiar porque ela seria conveniente para você, mas porque você seria importante para ela.

Por isso, discuta bem os termos deste convite: qual será o seu cargo, suas atribuições e principalmente, o seu grau de liberdade para tomar decisões.

Se lhe for oferecido um cargo decorativo, só para ter você perto da família, eu sugiro que você recuse. Se lhe forem concedidos espaço, recursos e respeito por seu currículo, e não somente por seu grau de parentesco, aceite e seja feliz na companhia dos seus.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin