2015-07-30

'Gestores só querem saber de resultados e evitam falar sobre meu futuro' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 30/07/2015, com um ouvinte que não recebe de seu gestor indicações sobre o futuro da carreira dele na empresa.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Gestores só querem saber de resultados e evitam falar sobre meu futuro'

conversa de chefe com empregado

Um ouvinte escreve: "Trabalho em uma empresa da qual não tenho queixa em relação a quase nada, exceto uma coisa: os gestores dela só enxergam um palmo adiante do nariz. Todas as conversas que tenho com o meu superior são sobre o meu desempenho e os meus resultados. Já tentei várias vezes falar com ele sobre o meu desenvolvimento, sobre os planos que a empresa possa ter para mim no futuro. Mas a resposta dele é sempre a mesma: o que interessa é agora e o futuro chegará quando for a hora. Até rima, mas não quer dizer nada. Será que estou na empresa errada?"

Bom, como você também rimou, significa que você está absorvendo bem a cultura interna. Brincadeira, vamos lá.

A sua empresa é daquelas que não faz promessas para não criar expectativas. As oportunidades de promoção surgem com o crescimento do negócio e os promovidos serão aqueles que estiverem mais bem preparados e com melhores resultados recentes.

Isso não quer dizer que a sua empresa seja contra o desenvolvimento dos funcionários. Ela apenas acredita que essa deva ser uma iniciativa de cada um, e não dela. Se, por exemplo, falar um idioma for um fator importante para a ascensão interna, o próprio funcionário deve investir no aprendizado de um idioma.

É claro que existem empresas que investem na carreira dos empregados e indicam as direções a seguir. E esse é o modelo que gestores modernos recomendam que seja adotado. Só que isso não quer dizer que você esteja na empresa errada, está em uma que privilegia aqueles que acreditam em si mesmos. O que você está vendo como desinteresse é, na verdade, um processo de avaliação.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin