2015-07-27

'Minha empresa não é bem vista pelo mercado' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 27/07/2015, com uma ouvinte que trabalha numa empresa muito exigente e que por isso não é bem vista no mercado.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Minha empresa não é bem vista pelo mercado'

mercado de trabalho

Uma ouvinte escreve: "Minha empresa não tem uma boa imagem. Internamente é divulgado que somos muito admirados, que para qualquer profissional seria um sonho trabalhar aqui. Mas pessoas de outras empresas, com as quais converso, pensam diferente. Várias já me falaram que a minha empresa não é bem vista pelo mercado, porque exige muito, paga pouco e trata mal os funcionários. Não sei se é tanto assim, mas concordo que a quantidade de gente que pede a conta porque não aguenta o tranco, é bem elevada. Isso pode atrapalhar em alguma coisa a minha carreira?"

Pelo contrário, pode até ajudar, se você decidir mudar de emprego. Há muitas empresas como a sua, que são extremamente exigentes e espremem os funcionários até a última gota para conseguir resultados. Por isso, elas assustam aos que procuram emprego. Mas, por outro lado, são respeitadas pelos recrutadores das outras empresas.

Trabalhar numa empresa como a sua é um teste prático de resistência à pressão e, não raramente, de dedicação integral ao trabalho, deixando todo o resto em segundo plano. Na cabeça dos recrutadores, se você se dá bem aí, irá se dar bem em qualquer empresa que exija o máximo e ofereça o essencial.

Certamente não é bem isso que a maioria dos empregados deseja, mas é o que as empresas procuram. Em futuras entrevistas, ressalte esse seu lado de fácil adaptação a ambientes de trabalho de muita pressão. E você será contratada, quem sabe, por uma empresa que lhe dará mais tempo para ter uma vida fora dela.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin