2016-05-03

'Como convencer o recrutador que pretendo ficar no emprego?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 03/05/2016, com uma ouvinte que precisa convencer o diretor que a estará entrevistando de que ela pretende continuar no emprego caso venha a ser contratada.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Como convencer o recrutador que pretendo ficar no emprego?'

mulher entrevista de emprego

Uma ouvinte escreve: "Sempre trabalhei em empresas grandes, mas fui dispensada num programa de redução de custos. Como o meu currículo é atrativo, consegui algumas entrevistas, mas todas elas para ganhar menos do que ganhava. A menos ruim foi a de uma empresa que, como fator positivo, fica próxima da minha residência.

O gerente que me entrevistou gostou do meu histórico, mas o diretor da área, que terá a palavra final, disse ao gerente que eu talvez não seja uma boa escolha, porque eu já entraria pensando em sair para uma outra vaga que pagasse melhor. Por isso, vou ter que fazer uma entrevista com esse diretor, para convencê-lo de que ele não precisa se preocupar. Como posso conseguir isso?"


Bom, primeiro, se você conseguir um emprego, pretende mesmo ficar nele? Não vai continuar prospectando o mercado para ver se aparece alguma vaga com o salário que você tinha na última empresa grande? Eu tenderei a concordar com o diretor que essa atitude seria normal e compreensível.

Na conversa com o diretor, você pode começar dizendo que se estivesse no lugar dele, também pensaria como ele está pensando. E depois você falaria das vantagens em curto prazo que a empresa teria em contratá-la.

Como a sua experiência em empresas maiores poderá ser útil? O que você terá a oferecer de imediato, assim que começar a trabalhar?

E finalmente, enfatize que salário é bom, mas não é tudo. Você quer um bom ambiente, reconhecimento e outras coisas que talvez não tivesse na empresa maior. E só precisa agora de uma oportunidade para provar que ficará muito feliz com a mudança.

Se eu fosse o diretor, ficaria satisfeito ao ouvir tudo isso. E espero que ele também fique.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin