2016-05-30

'Minha idade não me torna cada vez menos interessante?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 30/05/2016, sobre a evolução da carreira e a idade.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/==========================================================================

'Minha idade não me torna cada vez menos interessante?'

evolução carreira

Um ouvinte escreve: "Trabalho numa empresa multinacional já há 18 anos. Na medida em que os anos vão passando, me ponho a pensar se a minha idade não me torna cada vez menos interessante para a empresa. Isso porque eu vou ficando mais caro, mesmo sendo produtivo, e mais obsoleto, embora me mantenha atualizado. Essa é uma preocupação que tem fundamento ou estou com problema de auto-estima?"

Bom, a parte do salário é verdadeira: quem passa muito tempo em uma empresa acumula reajustes anuais obrigatórios e, depois de quase duas décadas, acaba mesmo ficando com um salário superior à média do mercado. Nesse caso, a empresa estaria pagando salários diferentes para produtividades iguais.

Quanto a obsolescência, há uma explicação mais coerente. Nos primeiros anos de carreira existem mais etapas que podem ser superadas, mesmo que o profissional não chegue a um nível gerencial. Ele passa de auxiliar a assistente, depois a analista, depois a coordenador e assim por diante.

A partir dos 35 anos de idade, a possibilidade de ascensão começa a ficar mais lenta, até que a maioria dos profissionais se estabiliza. Apesar de ser normal na carreira, essa desaceleração, de fato, dá aquela sensação de que a carreira estagnou, enquanto os mais jovens continuam subindo.

O melhor remédio para isso é continuar mostrando resultados e se atualizando. Você ainda tem um par de degraus a galgar. Mas não tão rapidamente quanto aqueles que galgou até agora.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin