2012-07-31

'Recebi uma boa proposta, mas não sei se devo deixar a empresa que me ensinou tudo' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 31/07/2012, com um ouvinte que está em dúvida sobre trocar uma empresa com educação continuada por uma com um salário melhor.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Recebi uma boa proposta, mas não sei se devo deixar a empresa que me ensinou tudo'

educação x dinheiro

Um ouvinte escreve: "Comecei a trabalhar nesta empresa faz pouco mais de dois anos. Este é o meu primeiro emprego e a empresa já me pagou três cursos de especialização, todos de média duração, mas muito valiosos para o meu currículo. Por indicação de um colega que trabalhava comigo, eu recebi uma proposta de outra empresa, para fazer a mesma coisa que faço aqui, mas com um salário 15% maior. Embora a proposta me atraia, do ponto de vista financeiro, estou em dúvida se seria ético eu aceitar, uma vez que tudo o que sei, eu aprendi aqui."

Vamos lá. Empresas investem no desenvolvimento de seus funcionários pensando no interesse delas. Os cursos que a sua empresa lhe pagou certamente estão ligados ao tipo de trabalho que você executa. E portanto, o benefício é mútuo. Você aprende e a sua empresa obtém o retorno do investimento feito através do resultado do seu trabalho. Então, não existe falta de ética em você aceitar uma proposta melhor. Eu só não sei se seria inteligente.

empresas que pagam pelo desenvolvimento continuado de seus funcionários e há empresas que preferem economizar esse valor, que não é pouco, e pagar salários um pouco maiores para atrair bons profissionais. Porém, caso você decida mudar, você teria que investir seus próprios recursos em novos cursos, para continuar se aprimorando e mantendo o seu currículo atrativo. E isso já consumiria boa parte do aumento que você irá receber.

Resumindo, você está comparando duas coisas diferentes. O futuro, que a sua empresa atual lhe oferece, e o incentivo de curto prazo, que a outra empresa está lhe oferecendo. Para tomar uma decisão coerente, você teria que perguntar à empresa que lhe fez a proposta, muito mais do que provavelmente deve ter perguntado.

Max Gehringer, para CBN.

No comments:

Blog Widget by LinkWithin