2015-06-30

'Posso solicitar um reajuste salarial por e-mail ou telefone?' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 30/06/2015, com um ouvinte que trabalha em uma filial da empresa, só vê seu superior a cada três meses e quer saber como solicitar um aumento a ele.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Posso solicitar um reajuste salarial por e-mail ou telefone?'

conversa por telefone

Um ouvinte escreve: "Trabalho na filial de uma empresa cuja matriz fica em outro estado. Só vejo pessoalmente o meu superior imediato a cada três meses, quando ele vem fazer uma visita de inspeção. Pretendo solicitar um reajuste salarial e sinto que o momento é propício, porque meus resultados têm sido muito bons. Eu preferiria fazer essa solicitação numa conversa pessoal, mas estou aflito para resolver a situação rapidamente. Posso abordar o assunto com meu superior por e-mail ou por telefone? Ou isso seria desaconselhável?"

Bom, pessoalmente seria melhor, por um motivo: o seu superior não conseguiria escapar da conversa. Por telefone, ele pode alegar que tem um compromisso urgente e liga depois. E por e-mail, ele terá mais tempo para pensar em uma resposta. E recusar por escrito é sempre mais fácil do que recusar falando.

Mas se você realmente está tão ansioso que não pode esperar, posso lhe sugerir que você fale por telefone. Numa ligação, dê uma boa notícia a seu superior. E em seguida diga a ele que você está pleiteando um aumento. Ofereça motivos sólidos, como resultados práticos. E evite dizer que outras empresas da região pagam melhor, mesmo que isso seja verdade.

Aí, espere para ver o que o seu superior irá responder, para você não gastar toda a sua munição de um fôlego só. Eu posso quase lhe garantir que ele lhe dirá para esperar até a próxima visita dele. Parece pouco, mas já é um compromisso. Se a resposta fosse "não", ele a daria por telefone mesmo.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin