2015-06-18

Quais empecilhos encontrarei após passar 18 meses no exterior? - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 18/06/2015, com os empecilhos que uma pessoa que ficou um ano e meio no exterior pode encontrar ao voltar ao país em busca de um emprego.

Áudio original disponível no site da CBN. E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Quais empecilhos encontrarei após passar 18 meses no exterior?

intercâmbio

Um ouvinte escreve: "Tenho 23 anos, passei 18 meses fora do Brasil e estou retornando. No exterior não tive nenhuma ocupação que possa ser colocada em meu currículo, mas voltei com o inglês fluente, que foi o principal motivo da minha viagem. Pergunto que tipo de empecilhos eu posso vir a encontrar na procura por um emprego?"

Vamos a eles. O primeiro empecilho é o momento econômico do país. O mercado de trabalho está segurando contratações e nesse momento é possível que você tivesse dificuldade para conseguir um emprego mesmo que não tivesse viajado.

O segundo é o vácuo que ficou em seu currículo. Certamente lhe será perguntado o que você fez em um ano e meio no exterior. Digamos que você teve que se sustentar e aceitou trabalhos bem inferiores à sua capacidade e habilidade. Você pode dizer isso em entrevistas sem nenhuma vergonha, acentuando que a experiência de vida e o aprendizado do idioma mais que compensaram os seus sacrifícios.

Permita-me também sugerir que você procure um emprego semelhante ao que tinha antes de viajar. Quando um jovem retorna de uma temporada no exterior, é normal que ele imagine que dará um salto na carreira. E talvez essa seja a maior frustração de quem viaja e volta: a de descobrir que terá que recomeçar do ponto em que havia parado.

Mas em resumo, você fez bem em viajar. Só o fato de você ter escrito para perguntar sobre eventuais empecilhos, já mostra que você voltou mais amadurecido.

Max Gehringer, para CBN.


No comments:

Blog Widget by LinkWithin