2011-04-06

Candidata vai bem durante seleção, mas não recebe resposta de empresa - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 06/04/2011, sobre uma ouvinte que foi bem durante um processo de seleção, mas não recebeu resposta da empresa.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

Candidata vai bem durante seleção, mas não recebe resposta de empresa

mulher em dúvida
"Em três semanas", escreve uma ouvinte, "passei da euforia à ansiedade, e da ansiedade à frustração. É o seguinte: participei de um processo de seleção numa grande empresa. Fiquei entre as quatro finalistas e fui entrevistada por três gerentes. Todos eles elogiaram as minhas respostas e a minha postura. Fui para casa muito satisfeita e fiquei esperando ser chamada. E estou esperando até agora. Ninguém me ligou e já me convenci que ninguém me ligará. Minha pergunta é: por que deixar um candidato eufórico? Só para se livrar dele, sem dar explicações? Não seria melhor dizer a verdade?"

É bem possível que os três entrevistadores tenham dito a verdade. Se você foi uma das quatro finalistas num processo que começou com dezenas de pretendentes, o seu nível estava acima do nível da maioria, e suas respostas e sua postura refletiram isso.

O que você talvez não tenha pensado é que os outros três finalistas ouviram os mesmos elogios que você ouviu. Todos os quatro eram ótimos. Findas as entrevistas, os três gerentes devem ter se reunido, trocado opiniões e finalmente decidido quem seria contratado.

Mas podemos imaginar que o processo ainda não terminou, que a vaga ficou congelada por alguma questão interna. Isso acontece em grandes empresas. O erro está em não avisar os candidatos de que o processo já foi concluido, ou está parado ou foi cancelado.

Empresas costumam esquecer que candidatos são também clientes ou consumidores. Grandes empresas gastam fortunas em propaganda para conquistar clientes, e seria absurdo perdê-los devido a processos de seleção mal solucionados. Mas é o que vai acontecer. Se você é cliente dessa empresa, provavelmente deixará de ser. E se não é, dificilmente virá a ser.

Talvez a comunicação aos candidatos preteridos esteja em mãos erradas. Talvez ela devesse ser uma atribuição da área de marketing.

Max Gehringer, para CBN.

Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin