'Fui demitida e nem explicaram os motivos' - by Max Gehringer

2011-09-07 11:07 AM by Andarilho

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 07/09/2011, sobre como uma empresa legal demite. Ou como demite legalmente.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Fui demitida e nem explicaram os motivos'

demitida

Uma ouvinte desabafa: "Fui chamada ao setor de pessoal da empresa e recebi a notícia de que estava sendo dispensada. Perguntei ao funcionário que me deu a notícia se ele sabia o motivo e ele respondeu que não. Perguntei se meu chefe iria conversar comigo para me dar alguma explicação. Novamente, a resposta foi não. É legal uma empresa proceder dessa maneira?"

Sim e não. A palavra "legal" tem dois sentidos. O primeiro é o coloquial, que significa excelente, acima da média, além da expectativa. E o segundo é o sentido jurídico, de algo previsto em lei.

No primeiro sentido, a empresa não foi nem um pouco legal. O chefe poderia ter chamado a funcionária, explicado os motivos que levaram à demissão dela e responder as perguntas que ela eventualmente faria. Se o chefe fosse muito legal, ele ainda se colocaria a disposição para dar uma futura referência.

Porém, no segundo sentido, o da legalidade fria e sem emoção, a empresa agiu de acordo com a burocracia. Uma demissão pode ser comunicada por um representante da empresa, no caso, o funcionário do setor pessoal, que somente precisa informar que a empresa decidiu terminar o contrato de trabalho, pedir para o demitido assinar a carta de ciência e informar quando irá ocorrer o pagamento final.

Antes que isso pareça abusivo, o funcionário tem exatamente as mesmas prerrogativas. Quem pede demissão só precisa entregar ao setor de pessoal uma carta de duas linhas, comunicando que está se desligando e informando se irá cumprir o aviso prévio ou se irá pagá-lo para sair imediatamente. Não é preciso falar com o chefe, nem explicar para ninguém porque está saindo, para onde vai ou quanto irá ganhar. A maioria dos demissionários explica tudo, muitas vezes por não saber que não é preciso explicar nada. Essa é a diferença entre ser legal e agir legalmente.

Max Gehringer, para CBN.

0 comentários:

Blog Widget by LinkWithin