2011-09-30

'Trabalho em uma empresa que vai ser vendida e não sei se vou ficar' - by Max Gehringer

Transcrição do comentário do Max Gehringer para a rádio CBN, do dia 30/09/2011, sobre ficar ou não em uma empresa que está prestes a ser vendida.

Áudio original disponível no site da CBN (link aqui). E se você quiser ler os comentários anteriores do Max Gehringer, publicados aqui, basta clicar neste link.

/===================================================================================

'Trabalho em uma empresa que vai ser vendida e não sei se vou ficar'

urso acenando adeus

"Trabalho em uma empresa que vai ser vendida", escreve um ouvinte. "O dono foi muito transparente ao explicar aos funcionários que ele tem outros negócios, e que o dinheiro da venda será aplicado neles. O dono acredita que não será difícil encontrar um comprador, porque a empresa é lucrativa e tem um bom nome no mercado. Bem, aí acabam os problemas do dono e começam os nossos. O dono nos disse que não pode garantir que o comprador, seja ele quem for, irá manter todos os funcionários. Mas tudo indica que isso deverá acontecer, porque a nossa equipe é composta, em sua maioria, por técnicos especializados.

Só que assim que o dono nos disse tudo isso, faz um mês, todos nós colocamos nossos currículos no mercado, por via das dúvidas. E as propostas começaram a aparecer. Agora, o dono está preocupado. Dois colegas já pediram a conta e se continuar assim, a empresa pode até parar antes de ser vendida. E o dono sabe que não dá para contratar novos funcionários numa situação dessas. Se você estivesse no meu lugar, o que faria?"


Eu também colocaria o meu currículo no mercado. Além disso, iria sugerir ao dono que ele oferecesse algum tipo de incentivo para quem ficasse. Talvez ele já esteja pensando nisso, não porque ele é bonzinho, mas porque se não fizer nada, ele poderá vir ser obrigado a vender a empresa por um valor bem menor. A atitude do dono, em abrir o jogo, foi elogiável. Mas ele deveria esperar que cada funcionário fosse pensar primeiro em si mesmo.

Tirando isso, eu, se fosse você, ficaria, a não ser que surgisse uma excelente proposta para mudar. Ficar é uma aposta que pode dar errado, mas que costuma dar certo. Ótimas oportunidades de crescimento costumam surgir em momentos assim, quando um novo proprietário precisa do apoio e do conhecimento de quem poderia ter saído, mas teve coragem para ficar.

Max Gehringer, para CBN.

2 comments:

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada said...

É incrível como eu me identifico com tantos textos do Max aqui....Juro, temos uma total sintonia quanto a isso. O que te chama a atenção dentro do que ele fala/escreve quase sempre diz respeito a mim tb.

Minha situação não é exatamente essa, mas é parecido.

Beijos, beijos,

Bela - A Divorciada e A Noiva

Andarilho said...

Que bom que vc gosta.

Blog Widget by LinkWithin